Idioma:
Lente dental: Saiba como funcionam as lentes de contato para o dente
Lente dental: Saiba como funcionam as lentes de contato para o dente

Ter o sorriso perfeito é a prioridade de muita gente, principalmente de famosos, que acabam fazendo outras pessoas quererem também. Porém, não é todo mundo que sabe como funciona a lente dental.

A lente dental vai muito além de tornar os dentes artificialmente brancos – ela se trata de um procedimento que respeita as anatomias dentárias naturais. Dessa forma, é mais segura e garante muito mais resultado.

E como exatamente funciona o procedimento da lente dental? Prossiga com a leitura do artigo e entenda mais sobre!

O que é e como funciona a lente dental?

“Para aqueles que não conseguem se sentir felizes com o próprio sorriso, as lentes de contato são uma solução.”

As lentes de contato dental se tratam de facetas ou lâminas ultrafinas, que não passam de 1 mm de espessura. Elas são confeccionadas em cerâmica ou resina e se aderem aos dentes para alterar suas formas, cores, proporções ou contornos.

Essas lentes de contato são impressas através de uma impressora 3D e são coladas uma a uma nos dentes do paciente. Em geral, o procedimento de lente dental não demora mais que três sessões, que se dividem em:

  • Diagnóstico e planejamento;
  • Preparo dental e moldagem digital ou analógica;
  • Cimentação, adesão e colagem.

Como funciona o procedimento de lente dental?

A primeira consulta é realizada para verificar se as lentes de contato dental são indicadas para o paciente. São feitos os exames de raio-X, o molde da boca e também a análise do sorriso. A partir disso, observa-se o que precisa ser alterado nos dentes.

Depois, o modelo dos dentes é enviado a um protético, que é o profissional que criará cada uma das lentes dentais. Elas podem ser feitas de maneira manual ou utilizando de um aparelho.

Assim que as lentes para os dentes estão prontas, elas são cimentadas sobre eles. É importante observar que pode haver desgaste para as lentes de contato dental, que se trata do procedimento de desgastar o dente natural do paciente.

Ele é um processo necessário para se obter os resultados esperados de cor, posição e tamanho!

Como realizar a manutenção da lente de contato dental?

As lentes para dentes apresentam boa durabilidade, chegando a 10-15 anos de resistência. Contudo, essa duração depende da manutenção realizada nas lentes, que envolve:

  • Escovar os dentes após acordar, depois das refeições e antes de dormir, sempre usando escovas de cerdas macias;
  • Sempre utilizar o fio dental uma vez ao dia, antes da escovação;
  • Usar também o enxaguante bucal uma vez ao dia;
  • Não morder objetos e alimentos duros;
  • Evitar fumar e o excesso de bebidas, assim como de café, chás escuros, chocolate e molho de tomate;
  • Realizar uma visita ao dentista a cada 6 meses ou, pelo menos, uma vez no ano. Deve ir imediatamente se sentir alguma dor na região bucal.

Do que são feitas as lentes de contato dental?

As lentes de contato podem ser feitas dos mais diferentes materiais:

  • Cerâmica feldspática convencional;
  • Cerâmica feldspática reforçada por leucita;
  • Silicato de lítio reforçado por zircônia;
  • Zircônia pura translúcida;
  • Dissilicato de lítio.

Em geral, as principais opções são as lentes de resina e as lentes de porcelana – vamos conferir elas duas!

Lentes de resina

As lentes de resina não precisam de molde e requerem apenas uma consulta dentária. Porém, elas podem sair com facilidade e também apresentam menor resistência e durabilidade, além de perder a cor e manchar.

Por fim, não podem ser reparadas, sendo necessário substituí-las em caso de danos.

Lentes de porcelana

As lentes de porcelana precisam de mais de duas consultas e utilizam de moldes e ajustes provisórios. Porém, são mais resistentes, duráveis e fixas, não saindo facilmente ou perdendo a cor.

Por fim, são peças que podem ser restauradas, sem a necessidade de substituição.

Para quem são feitas as lentes dentais?

O tratamento dental envolvendo as lentes é indicado para diferentes casos, sendo os principais:

  • Clareamento dos dentes;
  • Preenchimento dos espaços entre os dentes;
  • Aumento da largura dos dentes;
  • Correção de desalinhamentos;
  • Suavização dos problemas ortodônticos;
  • Suavização do envelhecimento dental natural;
  • Cobertura de dentes quebrados ou lascados;
  • Minimização de retrações ou desgastes no esmalte dental;
  • Aumento do comprimento dos dentes.

Para quem NÃO É indicado o tratamento dental?

  • Pessoas com problemas estéticos que podem ser resolvidos em outros tratamentos (clareamento dental, ortodontia);
  • Indivíduos que têm dentes com alteração acentuada na cor;
  • Pessoas que rangem os dentes enquanto dormem;
  • Pessoas com dentes que apresentam restaurações muito antigas;
  • Indivíduos de dentes fracos que podem se soltar a qualquer momento;
  • Pessoas com dentes sobrepostos;
  • Pessoas cujo os dentes da arcada superior não encostam em todos da arcada inferior;
  • Indivíduos que apresentam esmalte dental diminuído.

Se o seu problema pode ser resolvido por outro tratamento estético, faça ele, pois o desgaste para as lentes de contato dental não tem volta: o dente desgastado não cresce mais.

Conclusão

As lentes de contato são uma excelente opção para conseguir o sorriso perfeito, mas não são a única opção. Avalie bem a sua situação e veja se realmente tem a necessidade de realizar esse procedimento dental.

Caso realmente precise da lente dental, não se preocupe: é certo que ela vai garantir os resultados que espera.

A Baumer Dental é especialista em:

  • Biomateriais;
  • Enxerto Ósseo;
  • Regeneração Óssea;
  • Regeneração Tecidual.
2018 © Copyright BAUMER Dental | Todos os direitos reservados

Nós usamos cookies para oferecermos uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegar em nosso site, você concorda com a utilização de cookies. Mais informações

Formulário de Inscrição* 

* O preenchimento desse formulário não garante 100% de sua inscrição. Entraremos em contato para finalizar a mesma.