Idioma:
Tratamento endodôntico: Veja como o tratamento de canal funciona passo a passo
Tratamento endodôntico: Veja como o tratamento de canal funciona passo a passo

Tratamento de canal é, para muitos, algo que traz bastante dor – e isso acaba afastando os pacientes dele. Contudo, o tratamento endodôntico é, em vários casos, a solução para as principais dores de dente.

Ele faz parte da endodontia, que é a área da odontologia responsável pelo tratamento de doenças e lesões na polpa dos dentes. Na polpa, se encontram os nervos que dão sensibilidade aos dentes e é daí que vem a fama de “tratamento doloroso”.

Porém, ele não é isso tudo. Prossiga com a leitura do artigo e confira o tratamento endodôntico passo a passo!

O que é a endodontia de canal e quando se faz necessário o tratamento endodôntico?

“A endodontia de canal é capaz de proporcionar benefícios à saúde e também à estética ao mesmo tempo.”

A endodontia se trata de um ramo da odontologia que lida com as lesões e doenças que ocorrem na raiz e na polpa do dente. Endo significa interno, enquanto o dontia significa dente, ou seja, aborda os problemas internos do dente.

Essa área estuda as melhores técnicas para a realização do tratamento de canal. Ele pode ser necessário em caso de cáries profunda ou embaixo de restaurações antigas, fraturas ou trincas que levem à penetração de bactérias na polpa.

Quais são os sintomas para o tratamento de canal?

O tratamento, como dito anteriormente, é indicado quando há inflamação interna da boca, especificamente na polpa do dente. A causa mais comum da inflamação são as cáries, que causam uma cavitação extensa que atinge a parte interna do dente.

Os sintomas para o tratamento de canal nesse caso são:

A segunda causa é a necrose pulpar, que ocorre após a inflamação da polpa dentária. Nesse estágio, o dente fica preenchido com tecido necrótico ao invés da polpa. Os sintomas para o tratamento de canal para necrose pulpar acabam sendo:

  • Dor contínua, sem alívio com analgésicos;
  • Sensibilidade na mastigação;
  • Imagem de cisto ou granuloma;
  • Mudança na cor do dente.

Tratamento endodôntico passo a passo: como ele é realizado?

O tratamento endodôntico é basicamente uma limpeza do dente realizada com o objetivo de limpar e remover o tecido inflamado. Em alguns casos, é usado para remover o tecido contaminado por microrganismos, como bactérias.

Para entender melhor, confira agora o passo a passo do tratamento endodôntico!

1. Anestesia e abertura

A primeira parte do tratamento de canal é a aplicação da anestesia local e a abertura do dente. A abertura é realizada através da coroa do dente e vai até a câmara da polpa dentária.

2. Remoção do tecido infectado/inflamado

O próximo passo é a remoção de todo o tecido infectado ou inflamado, sendo utilizado de limas especiais nisso. Após a remoção, o canal é modelado para que receba o material da restauração dos canais e para que ocorra o processo de irrigação.

3. Obturação dos canais

Após a remoção do tecido e a higienização da boca, é realizada a obturação dos canais com um material permanente. Geralmente, esse material é a guta-percha, uma resina vegetal maleável e biocompatível que mantém os canais seguros contra infecções.

4. Preenchimento temporário

Nessa etapa, um material de preenchimento temporário é colocado acima da guta-percha, de forma que vede a abertura. Ele permanece até a restauração ou coroa do dente.

No caso, a coroa se trata da reprodução do dente natural que é colocada sobre o topo do dente. Em casos especiais, pode ser também colocado um pino na raiz, que serve de suporte extra à coroa.

5. Restauração do dente

A última etapa do tratamento de canal acaba sendo a restauração do dente, onde o endodontista preenche o buraco do tecido retirado com resina.

Quais são as principais dúvidas do tratamento ortodôntico?

Agora que sabe como funciona a endodontia de canal, é hora de responder as principais dúvidas!

Quantas sessões são necessárias?

Quando há apenas a inflamação da polpa dentária, é comum que haja uma sessão única para o tratamento de canal. Se houver uma contaminação interna por microrganismos, é necessária uma limpeza do dente mais completa.

Nesse caso, acaba sendo recomendado de 2 a 3 sessões.

Qual é o tempo de recuperação?

O tratamento é indolor e há apenas uma leve sensibilidade após a sessão, que é resolvida com analgésicos simples. Dessa forma, não há demora para a volta ao trabalho ou atividades físicas.

É necessário outro tratamento?

Se ocorrer alguma falha ou insucesso no tratamento endodôntico, pode ser recomendada a cirurgia parendodôntica para correção cirúrgica. Em qualquer caso, não há nenhum motivo de preocupação após o tratamento de canal!

2018 © Copyright BAUMER Dental | Todos os direitos reservados

Nós usamos cookies para oferecermos uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegar em nosso site, você concorda com a utilização de cookies. Mais informações

Formulário de Inscrição* 

* O preenchimento desse formulário não garante 100% de sua inscrição. Entraremos em contato para finalizar a mesma.